Missão Para Luke

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Missão Para Luke

Mensagem por Érebo em Qui Jun 06, 2013 3:28 pm


Campos De Morango


Era uma tarde clara, fazia um detestável sol. As aves voavam, os peixes nadavam, enfim, campistas faziam suas atividades. Mas eu, Deus da Escuridão, iria fazer algo diferente. Algo extraordinário e que não fazia a muito tempo. Testar campistas.

Em forma de uma névoa negra eu voei por todo o acampamento, queria pegar um campista, ou uma campista, que pensassem que não seria capaz aos olhos dos outros. Eu iria fazer ela, ou ele, mostrar que era forte.

Me encaminhei por todo o acampamento, algo chamou minha atenção. A presença de Luke no chalé de Zeus. Me dirigi até lá e falei:

- Ola Luke, estas de frente com a escuridão... Espero que não se assuste. Vamos, pegue suas armas e venha comigo!...

Quando o garoto menos esperou, já estávamos nos campos de morango, tudo estava silencioso, sorrio e a falo.

- Lhe trouxe aqui para um teste, espero que seja valente. Quero que prove o quanto de coragem você tem. Se passar em meu teste eu irei lhe dar ótimas recompensas. Caso contrario...

Novamente eu sumi, o garoto já sabia o que teria de fazer.

Ao redor dele, fiz aparecerem quatro monstros. Um grifo, um cão infernal, uma górgona e uma hárpia. O garoto estava cercada. Deveria lutar fortemente e me mostrar que seria capaz.

Que os Jogos comecem!


avatar
Érebo
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 22
Data de inscrição : 28/05/2013

Ficha do personagem
Progenitor:
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Para Luke

Mensagem por Luke M. B. Matthews em Sex Jun 07, 2013 4:56 pm

MVP : Luke contra malditos monstros de Érebus ¬¬



Estava em meu chalé com todas as armas que eu tinha para ir em direção a arena treinar, quando Erebus veio até o meu chalé e eu já sabia que não era boa coisa, sempre odiei a escuridão por ela sempre causar algumas ilusões aterrorizantes em mim quando criança e agora ela estava na porta do meu chalé e imediatamente eu fecho os punhos para bater naquele deus a qualquer momento mas o trauma de infância me segurou até que antes de eu percebe, já estava nos campos de morango
“Lhe trouxe aqui para um teste, espero que seja valente. Quero que prove o quanto de coragem você tem. Se passar em meu teste eu irei lhe dar ótimas recompensas. Caso contrario...” disse o deus
Imediatamente pego minha adaga que era a arma que eu usava com mais perfeição e vi que estava tremendo e eu decidi ficar serio, seja la oque for que erebus esta aprontando eu iria enfrentar, meu olhos começaram a ficar cinza e minha mão parou de tremer e começo a ver os monstros , Um grifo, um cão infernal, uma górgona e uma harpia e então erebus desapareceu e em minha direção veio a harpia mas eu lancei um olhar fuminante nela que a fez se conter, fiquei olhando ao redor e procurar um plano já que aqueles monstros a qualquer momento poderiam me atacar e não podia causar muita destruição se não mesmo que eu sobrevivessem os espíritos da natureza iriam me mata logo em seguida, tinha que pensar nisso depois porque vi se aproximando de mim um cão infernal numa velocidade incrível e por instinto me desviei e o cão cai atrás de mim e veio em cima de mim o grifo e com minha adaga sai correndo numa distancia segura e disparei um raio nele que o fez rugir de dor mas sua asa estava ferida oque o não deixaria voar mais e em seguida veio a gorgona que era um pouco mais lenta que o cão infernal mas mesmo assim era muito rápida, pego minha lança e a choco contra a gorgona mas atingiu perto de sua cabeça que fez algumas cobras caírem e eu sai de perto da gorgona antes de qualquer movimento e o cão infernal veio em minha direção junto com a harpia voando e eu um pouco mais atrás estava a gorgona gritando com aquela voz seca de uma bruxa “morto” pensei eu com esse pensamento e com muito ódio de erebus até que eu mirei a minha adaga e vi que me restava apenas um tiro e depois disso eu ficaria sem disparar por um tempo então tinha que aproveitar ao máximo aquele tiro, eu penso num plano e jogo o raio perto da pata do cão infernal oque o faz voar para o lado e a gorgona para desorientada mas a harpia vinha em minha direção numa velocidade incrível e quando pego a minha lança e miro no peito daquela harpia e quando ela percebeu, já não podia mais parar até que ela vira pó.
A Harpia havia morrido, o cão infernal estava com a pata machucada então a maior ameaça agora era o grifo que apesar de não poder voar era forte e rápida então uma sombra grande passou por cima da cabeça da gorgona e veio em minha direção e eu rapidamente saiu do caminho daquela coisa que faz uma grande destruição no solo onde eu estava e pude ver que aquilo era um grifo que depois de um pequeno tempo me achou e veio em minha direção e eu corri por cima dos morangos tentando fugir daquilo (provavelmente os filhos de demeter iriam me matar por isso) e cada vez eu ia lentamente porque aquela coisa tinha espinho até que eu decidi sair dali por eles tarem me ferindo cada vez mais, o grifo chega até mim e me empurra oque me faz “voar” dali mas eu ainda estava com a minha lança nas mãos então me levantei e fui num combate direto com o grifo que era muito maior que eu então eu mal podia me defender dos golpes, até que aquela coisa passa sua pata pelo meu ombro oque faz a minha camisa rasgar e me fazer um corte superficial e nessa hora eu avanço contra o grifo com muita raiva dele faço arranhões em suas patas e em seu peito até que ele se joga em cima de mim e eu atravesso a minha lança no pescoço do grifo oque o faz virar pó.
Em seguida veio o cão infernal com uma cara de dor e ódio ao mesmo tempo e ao lado dele vinha a gorgona gritando e os dois chegaram e imediatamente o cão infernal pulou em mim, aquele cão infernal era pesado mas eu o empurrei para trás o que não o permitiu me atacar mas a gorgona pulou em mim e ficou em cima de mim, fiquei desesperado, aquela gorgona podia me matar qualquer hora até que eu ouvi a risada do senhor das trevas e vi que não poderia morrer aquela hora, seguro aquela cauda com minhas penas e afasto seu corpo do meu com minha lança e a minha lança dispara um trovão no peito da gorgona oque a faz voar no ar e ir pra bem longe enquanto o cão infernal rugia de raiva que veio em minha direção tentando morde meu pé então fiquei lutando contra aquela coisa com a minha espada mas não fazia efeito, ela consegue morde meu pé e eu sinto uma dor tremenda e como ela estava mordendo meu pé, não podia se mexer então com toda minha força atingi o cão infernal e o parto no meio e o mesmo em seguida virá pó.
Eu vi meu pé, não estava quebrado mas estava doendo mas eu só iria pensar nisso depois porque agora apareceu a Gorgona que era o ultimo monstro, ela estava com a barriga preta e dela saia um liquido verde que provavelmente era o sangue dela então pensei na aula de mitologia que eu tinha tido “uma metade cura, a outra mata” então se eu conseguisse metade direita do sangue daquela gorgona eu poderia usa-lo em missões então o meu objetivo era não mutilara aquela gorgona. Ela Avança contra mim e novamente eu me desvio e corto algumas cobras em seu cabelo até que eu choco minha espada com o seu braço, sua pele era muito dura então eu teria um muito trabalho, a gorgona da um soco na minha barriga mas não me causa muito dano e então minha espada ameaça atravessar sua barriga mas também não faz nada e eu recuo logo em seguida até a gorgona avançar sem parar em minha direção e me faz cair quando ela pula em cima de mim, mas não fiquei embaixo dela e sim me rolei para o lado a ela fica no chão enquanto me levanto e de longe eu vi alguns campista se aproximando e isso me distraiu e fez a gorgona se levantar e me empurrar e abre aquela boca com aquelas presas feias e ameaça cravar em minha pele e me matar mas antes ela engole a minha espada e ela fica cheio de sangue de gorgona e eu não sabia qual oque tinha naquela lança.
Os Campistas chegaram e me deram um pouco de néctar e me mantem acordado até que uma sombra cai sobre mim e me mostra na minha frente o senhor das trevas e avanço contra ele mas o mesmo some e quando vejo, estou na enfermaria e ao meu lado estava o sangue de gorgona na mão de um semideus filho de apolo me falando qual era qual e era para mim ter cuidado com aquilo e novamente eu durmo e sonho com Érebus que fala para eu não ataca-lo se não ele iria me deixar nas trevas para sempre...



Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics

avatar
Luke M. B. Matthews
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 8
Data de inscrição : 08/05/2013
Idade : 24
Localização : Camp Half Blood

Ficha do personagem
Progenitor: Zeus
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Para Luke

Mensagem por Érebo em Sex Jun 07, 2013 9:25 pm


Campos De Morango


Aos olhos de Érebus, o garoto havia se saido bem. Com uma certa dificuldade para agir, confusão mental, desorientação, mas haiva se saido bem, provado que possuia coragem.

Então, decido voltar a minha foram sólida e ir cumprimentar o garoto.

- Muito bom filho de Zeus, fora um pouco facil, E, como lhe prometi, as recompensas pelo seu ato de coragem.

Desapareço em uma névoa negra deixando a frente do garoto uma caixa prateada, onde dentro, uma espada feita de ferro éstigio com cabo de bronze aguardava o seu dono.

- Encerrada.

Recompensas:

- 1 Level.
- 250 Drácmas.
- Espada Sugadora de Almas - Uma espada feita de ferro estigio e que possui o cabo de ouro, só pode ser utilizada por Luke e quando destroi um monstro ou um campista, absorve a alma tornando o corte mais poderoso e fatal.


avatar
Érebo
Deuses Primordiais
Deuses Primordiais

Mensagens : 22
Data de inscrição : 28/05/2013

Ficha do personagem
Progenitor:
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Para Luke

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum